Como se planejar para pegar um empréstimo

Como se planejar para pegar um empréstimo

Como você bem sabe, um novo negócio exige investimento e planejamento financeiro. Os empréstimos podem ser uma forma de tirar uma ideia do papel e transformá-la em algo real.

Abrir o próprio negócio é o sonho de muitas pessoas. Trabalhar com o que gosta, definir seus horários e fazer algo diferente do que já existe são alguns dos motivos que levam as pessoas a empreenderem. Mas começar um novo negócio exige investimento e muito planejamento financeiro. 

Os empréstimos podem ser uma forma de ajudar a tirar a ideia de negócio do papel e transformá-la em algo real. Porém, além de ser uma ótima opção para quem está começando, o empréstimo também é um aliado para aqueles que buscam melhorar o que já fazem, ou até mesmo pra ajudar os donos de negócio a enfrentar momentos difíceis com poucas vendas, como o que estamos vivendo agora com a pandemia do Coronavírus.

Três principais aprendizados de hoje:

  • O que é um empréstimo e os tipos de empréstimos para o seu negócio: o empréstimo planejado, o empréstimo imprevisto e o empréstimo para momentos de crise; 
  • O que é preciso fazer antes de solicitar um empréstimo: definir o objetivo, analisar o orçamento e conferir taxas e juros;
  • O empréstimo pode ser um grande aliado do seu negócio se for feito com cálculos e consulta aos controles financeiros. 

O que realmente é o empréstimo

O empréstimo é um acordo feito entre o cliente e uma Instituição Financeira ou de Pagamento. Nesse combinado, uma determinada quantia é solicitada e deve ser paga no futuro com algumas taxas, como juros, impostos e outras.

É importante lembrar que o valor de pagamento de um empréstimo nunca será menor que o valor solicitado. Na prática, isso significa que você precisa se programar para, em determinado prazo, conseguir pagar mais do que pegou emprestado. Com o planejamento certo, isso não deve ser um problema pra você.

3 tipos de empréstimos para o seu negócio

Separamos alguns tipos de empréstimos mais frequentes para os empreendedores:

Empréstimo planejado

É aquele empréstimo usado para investir. Pode ser para comprar um carro e começar a fazer delivery dos seus produtos, para realizar uma reforma e deixar a loja ainda mais bonita e atrativa para os clientes, ou até pra abrir uma nova unidade. 

Ele ajuda a viabilizar qualquer coisa que você queira fazer com expectativa real de aumento de faturamento. 

Empréstimo imprevisto

Esse tipo de empréstimo geralmente é solicitado quando surge alguma situação que não estava prevista. Imprevistos são normais na vida de todo dono de negócio: o ar condicionado pode quebrar no verão, o forno que faz a pizza parar de funcionar, ou até surgir um vazamento no telhado. 

Nesse caso, é importante que o empreendedor leve em consideração como vai quitar o empréstimo para não se enrolar. Uma dica é procurar algo com prazo curto para o pagamento, assim menos juros são cobrados. 

Como não se espera um aumento de faturamento com esses reparos, é preciso planejamento dobrado para diminuir os gastos nos meses em que deverá pagar o empréstimo. O ideal é não pegar um empréstimo para quitar outro, isso acaba gerando uma bola de neve que não é saudável para o negócio. 

Empréstimo emergencial

Há um outro momento em que pegar um empréstimo pode ser o que vai manter o seu negócio de pé. Não é muito comum, mas momentos como o que estamos vivendo agora (março 2020), em que uma pandemia atingiu o país, obrigam muitos estabelecimentos a fecharem suas portas.  

Outro exemplo que pode ser dado, é o caso de negócios que são extremamente turísticos. Nos meses fora da sazonalidade, eles ficam com a renda comprometida e podem precisar de uma renda extra para serem capazes de sobreviver até a próxima temporada.

Nesses casos, é importante que você procure fazer negociações de seus custos fixos e variáveis nos meses que o movimento é muito baixo ou inexistente. Mas, ainda assim, provavelmente ainda terá que pagar alguns deles, como o aluguel. Sem dinheiro entrando em caixa, o empréstimo é uma opção para ajudá-lo a manter o seu negócio em pé. 

O que é preciso fazer antes de solicitar um empréstimo

  • Defina o objetivo: O seu objetivo é comprar um novo estabelecimento para o seu negócio, investir em infraestrutura, comprar um carro, pensar em um novo negócio ou até mesmo fazer um reparo emergencial, como arrumar o ar condicionado que quebrou em pleno verão? Defina e procure não se perder no que estiver usando o dinheiro do empréstimo!
  • Analise o seu orçamento: faça o diagnóstico da sua atual situação financeira. Saiba direitinho quais são suas contas fixas e o valor mínimo necessário para que seu negócio continue vivo.
  • Compare: compare as condições de pagamento entre bancos, instituições financeiras e de pagamentos. Analise as taxas, como os juros e taxas de contratação, mas também o prazo de pagamento e a forma de pagamento que a instituição oferece. Por vezes, a taxa é menor, mas como o prazo é muito maior, o empréstimo sai bem caro. 

Busque o empréstimo com condições que vão se encaixar no seu bolso.

Ter dívida é sempre ruim?

A dívida por empréstimo pode ser algo seguro e uma escolha assertiva! Vamos usar um exemplo para entender na prática:

Maria está pensando em abrir uma loja de roupas infantis, mas ela só tem metade se todo o dinheiro necessário para iniciar o negócio, que é R$ 50 mil. Nesse cenários, ela tem duas opções:

- Encontrar um sócio, que daria metade do investimento inicial. Dessa forma, ela teria que investir R$ 25 mil do próprio bolso e João, seu sócio, entraria com a outra metade. Por dividir o investimento, ela teria que dividir também os lucros do negócio;

- A outra opção seria Maria pegar um empréstimo de R$ 25 mil. Dessa forma, o retorno seria todo dela, tendo que arcar apenas com os juros e as taxas da instituição que concedeu o empréstimo pra ela. 

Se a expectativa de lucro for maior que o cobrado pelo empréstimo seria mais vantajoso pegar o empréstimo que dividir os lucros com um sócio. Entretanto, o negócio pode não performar como o esperado. 

Dessa forma, ela teria dificuldade para quitar a dívida. Cada caso é um caso, é preciso analisar bem a situação e ter um planejamento financeiro detalhado do negócio. 

Qual é o valor ideal que eu devo tomar de empréstimo?

Agora que você já sabe em quais situações é viável tomar um empréstimo, é importante definir qual valor é o ideal para que você consiga cumprir seus objetivos sem ter problemas com dívidas. 

Nossa dica é que você nunca comprometa mais que sua margem de lucro. Por exemplo, se sua margem de lucro é de 30% sobre o seu faturamento, o ideal é que o valor pago mensalmente pelo empréstimo não seja maior que 20% do seu faturamento. É importante dizer que isso varia de negócio para negócio, não existe uma regra geral.

Postos de gasolina e supermercados, por exemplo, possuem margem baixa e essa conta dificilmente estará na casa dos 30%. Já restaurantes e lojas de móveis, em geral, podem até superar os 30%.

Estou endividado, solicito um empréstimo ou não?

É preciso refletir: quais são os motivos das suas dívidas? 

Vamos pensar na situação de dívidas com fornecedores. Antes de solicitar um empréstimo para o pagamento de fornecedores, converse diretamente com eles. O principal interessado em você pagar a dívida é o credor. Por isso, não tenha medo e vergonha, negocie as dívidas com os fornecedores.

A decisão por tomar ou não um empréstimo para quitar uma dívida que você já tem não é simples. Por isso, elencamos três casos em que nós acreditamos que o empréstimo é a melhor saída para resolver uma situação de endividamento:

- Quando o valor final pago pela dívida nova é menor que o da dívida atual;

- Quando o prazo da nova dívida é maior que a da dívida atual, permitindo que você tenha mais folga no pagamento do empréstimo e, consequentemente, melhore o seu fluxo de caixa;

- Quando sua dívida em aberto estiver impedindo ou reduzindo o seu faturamento.

Caso a sua situação não se encaixe em nenhum desses casos, recomendamos que você negocie com o seu credor atual e tente resolver a situação amigavelmente.

Agora que você já sabe tudo sobre empréstimos, esperamos que consiga manter o seu negócio funcionando.

Conte com a gente para qualquer esclarecimento que precisar. Mande suas dúvidas, nesse momento queremos estar ao seu lado na luta pela sua saúde, e também pela saúde do seu negócio. 

Obrigada pelo papo e estamos juntos.

Financeiro

Não deixe o pequeno negócio parado!

A plataforma Compre Local é um espaço para movimentar a economia e
ajudar o pequeno empreendedor a se manter na ativa.

Acesse Compre Local